Tipos de Artrite: conheça os tipos mais comuns dessa doença, quais as causas, sintomas e tratamentos

Tipos de Artrite: Conheça os tipos mais comuns da doença.
tipos de artrite

A artrite é um sintoma comum em diversas doenças e se caracteriza pela inflamação de uma articulação (junta), causando a diminuição dos movimentos e dor na junção acometida. A artrite pode ocorrer em qualquer articulação de diversas partes do corpo.

Ainda que essa seja uma condição comumente associada ao avanço da idade, se engana quem pensa que ela afeta somente idosos, podendo também se manifestar em pessoas jovens de qualquer idade e até crianças.

Existem diversos tipos de artrite e os principais sintomas da doença incluem dores, inchaços, vermelhidão e rigidez e, apesar dos sintomas seguirem um certo padrão, as causas da artrite são diversas, desde doenças degenerativas, inflamatórias e infecciosas.


Veja abaixo algumas das causas mais comuns de artrite, suas causas e sintomas:

1. Causas degenerativas

As causas degenerativas são aquelas em que ocorre o desgaste das cartilagens que são encontradas entre os ossos, causando atrito entre eles. O principal exemplo é a osteoartrite. Esta é a principal causa degenerativa de artrite, sendo uma doença crônica que começa a se apresentar em pessoas que tem entre 40 e 50 anos, e pode ser classificada como primária ou secundária.

Este é o tipo mais comum da artrite degenerativa, sendo uma doença crônica que começa a se apresentar em pessoas que tem entre 40 e 50 anos, e pode ser classificada como primária ou secundária.

  • Osteoartrite primária: Em sua forma primária, a causa é desconhecida e pode afetar apenas uma ou várias articulações de uma só vez.
  • Osteoartrite secundária: A osteoartrite secundária geralmente é uma consequência de outra doença ou problema anterior, como uma lesão, inflamação ou infecção, por exemplo.

A melhor forma de prevenção é adotar um estilo de vida saudável que inclua uma boa alimentação e exercícios físicos regulares, além de evitar atividades com movimentos de alto impacto e repetitivos. Além disso, é preciso ter atenção à fatores de risco como histórico familiar, excesso de peso, lesões e o avanço da idade.


2. Causas Inflamatórias

Esse tipo de artrite geralmente é autoimune, ou seja, se caracteriza por inflamações causadas quando as células saudáveis do organismo são atacadas pelo próprio sistema imunológico. As doenças que envolvem artrites de causa inflamatória podem ocorrer em qualquer fase da vida e afetar tanto as articulações quanto outros órgãos do corpo. São exemplos de artrite inflamatória:

  • Artrite Reumatoide: Esse é um dos principais tipos de artrite inflamatória, é uma doença autoimune que afeta mais mulheres do que homens. Sua causa ainda é desconhecida e costuma surgir entre os 30 e 40 anos de idade, aumentando com o avanço da idade. Existem alguns fatores de risco para essa condição, como desequilíbrios hormonais, excesso de peso, hábito de fumar e tendências genéticas.
  • Gota: Se desenvolve quando os níveis de ácido úrico no organismo estão mais elevados do que o normal. O aumento dos níveis de ácido úrico leva à formação de cristais, depositados principalmente nas articulações dos pés e joelhos, causando desconfortos como dores e inflamações das áreas afetadas. Na maior parte dos casos essa doença acomete mais homens que estão entre os 40 e 50 anos de idade, principalmente aqueles que são obesos, com hábitos sedentários e que consomem bebidas alcoólicas.

3.  Causas infecciosas

As artrites de causa infecciosa, podem ocorrer pela invasão de vírus, bactérias ou fungos no organismo. Estes viajam pela corrente sanguínea e atacam as articulações, gerando uma infecção.

Os maiores fatores de risco estão em pessoas com um sistema imunológico fraco, que passaram por cirurgias recentes, usuárias de drogas injetáveis ou com outras doenças como diabetes e HIV.

As articulações mais afetadas são as dos membros superiores e inferiores, ombro e pélvis. Dentre os principais sintomas observados estão inchaço, dor e febre na articulação afetada, geralmente se manifesta de maneira aguda, e raramente na forma crônica.


Diagnóstico e tratamento dos diferentes tipos de artrite

O diagnóstico da artrite deve ser feito por um médico reumatologista, mas diferentes causas de artrite exigem diferentes tipos de diagnóstico, sendo muito importante dar atenção aos sintomas apresentados, pois é a partir deles que o médico pode ter uma primeira noção de qual é o problema, e quais exames deve solicitar.

Na maioria dos casos, são feitos exames de sangue e análises laboratoriais, radiografias e ressonâncias para diagnosticar a causa da artrite.

Já para o tratamento, o médico responsável poderá receitar medicamentos como anti-inflamatórios e, para pacientes com artrite infecciosa, antibióticos e antifúngicos, além da remoção de pus e imobilização da articulação.

Em todos os casos é necessário que o paciente adote um estilo de vida mais saudável, incluindo uma dieta especial e exercícios físicos monitorados.

Seja qual for a situação, o acompanhamento médico é sempre indispensável, pois somente ele poderá dizer o que é melhor para o paciente.

Dra. Juliana Valim
Graduação em Medicina pela Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto e residência em Clínica Médica na mesma instituição (2008-2009).Residência em Reumatologia pela Irmandade Santa Casa de Misericórdia de São Paulo. (2011-2012) Título de Especialista em Reumatologia pela Sociedade Brasileira de Reumatologia.Foi médica assistente da Reumatologia na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo por 6 anos (2013-2019) orientando médicos residentes e especializados em reumatologia.Membro da Sociedade Brasileira de Reumatologia e atualmente integrante também da Comissão Cientifica de Vasculites (2018-2020).