O que é Gota?

A gota é uma doença inflamatória crônica que ocorre principalmente em homens com idade entre 30 e 50 anos, que causa crises de inflamação nas articulações (artrite) com muita dor, inchaço, calor e rubor no local.

 

Essa inflamação ocorre quando o ácido úrico no sangue está elevado, acima do normal, e se deposita nas articulações sob a forma de cristais. No entanto, nem todas as pessoas que têm ácido úrico elevado desenvolverão a gota.

 

São fatores de risco, para se desenvolver gota, a predisposição genética, o sobrepeso e a obesidade, o etilismo e a insuficiência renal. A ocorrência de gota entre mulheres é muito rara.

 

As articulações mais frequentemente acometidas são as dos membros inferiores, dedão, tornozelos e joelhos.

 

No início da doença, a gota ocorre em crises recorrentes de artrite aguda.

Geralmente, o paciente dorme bem, sem qualquer sintoma, e de repente, na madrugada ou cedo pela manhã, acorda com uma dor muito intensa na articulação acometida. O dedão (hálux) é a articulação mais frequentemente envolvida nas primeiras crises.

gota.png.webp

As Crises de Gota

Em geral as crises de gota ocorrem em intervalos bem espaçados, em alguns casos a cada 6 meses, e com duração média de 3 a 10 dias.

 

Mas na maioria dos casos, se não for feito nenhum tipo de tratamento, o intervalo entre as crises de gota vai ficando cada vez mais curto e atingindo cada vez mais articulações, até que pode tornar-se uma artrite crônica, afetando múltiplas articulações de forma constante, podendo levar a deformidades articulares irreversíveis.

 

O aumento nas taxas de ácido úrico no sangue pode ocorrer tanto pela produção excessiva pelo organismo quanto pela redução de sua eliminação pelos rins.

 

Alguns fatores podem contribuir para o aumento do ácido úrico no sangue, como a ingestão de bebidas alcoolicas, principalmente a cerveja, e uma dieta rica em determinados tipos de alimentos (ricos em purina), trauma físico, cirurgias, quimioterapia e uso de diurético.

O ácido úrico elevado, em muitos casos, também pode ocasionar cálculos renais e depósitos de cristais de ácido úrico debaixo da pele, formando nódulos nos dedos, cotovelos, joelhos, pés e orelhas (tofos).

Diagnóstico da Doença

O diagnóstico da gota é feito baseado na história clínica, exame físico e exames laboratoriais demonstrando níveis elevados de ácido úrico no sangue.

Podem ser necessários outros exames como radiografias e exames de urina.

gota2.png.webp

O Tratamento da Gota

O tratamento da gota tem como principal objetivo a normalização dos níveis de ácido úrico e a prevenção das crises de artrite.

 

Para isso, é fundamental uma dieta pobre em purinas, o que implica numa redução da ingesta, principalmente, de carnes vermelhas, embutidos, frutos do mar, frutas cítricas e bebida alcoólica, em especial a cerveja, e o aumento na ingestão de líquidos para aumentar o volume do fluxo urinário.

 

Pode ser necessário também o uso de medicações hipouricemiantes (que reduzem os níveis de ácido úrico) e de medicações imunomoduladoras em casos de artrite crônica.

 

Nas crises de artrite são utilizadas medicações analgésicas e anti-inflamatórias.

 

Quando existem grandes tofos que prejudiquem a função articular, pode ser necessária a abordagem cirúrgica para ser retirado, o que geralmente é feito por um ortopedista.

 

Para mais informações sobre gota, consulte um reumatologista.

Artigos sobre Gota

Doenças e Tratamentos

Artrite reumatoide.webp

Artrite reumatoide

Osteoartrite.webp

Osteoartrite

Fibromialgia.webp

Fibromialgia

Osteoporose.webp

Osteoporose

tendinite-e-bursite-home.png.webp

Tendinite e Bursite

doencas-e-tratamentos-2.png.webp

Doenças e Tratamentos